Tratamento para ansiedade!

A ansiedade é considerada um sentimento normal perante situações ou fases da vida que tensionam, seja por expectativas do que pode acontecer ou por acontecimentos que são de fato desgastantes. Por isso a ansiedade só é considerada anormal quando a própria pessoa identifica que o que sente é maior do que deveria sentir em determinada situação. Um exemplo prático, um profissional que perante a apresentação de uma palestra, apesar de saber o que deve falar e ter estudado antes, não consegue expor o que sabe; fica tão nervoso e ansioso que as palavras mal saem da boca e por conta disso acaba sendo agressivo com aqueles que interrompem ou questionam o que ele fala; mesmo sabendo que domina o assunto a ansiedade é tanta que bloqueia seus pensamentos. Nesse caso, o profissional sabe que se sua ansiedade estivesse controlada ou pelo menos em menor grau ele poderia dar conta da apresentação.

Um indivíduo pode sofrer ataques de ansiedade que chegam sem aviso, enquanto outro entra em pânico só de pensar em estar numa festa com várias pessoas. Algumas pessoas lutam com um medo paralisante de dirigir ou incontroláveis pensamentos intrusivos. No entanto, outros podem viver em um constante estado de tensão, se preocupando com tudo e com qualquer coisa.

Em casos mais graves de ansiedade a pessoa tem a sensação constante de tensão e pavor. Apresenta sensações físicas como incapacidade de relaxar, perturbação do sono, fadiga, dores de cabeça, tontura e aceleração da frequência cardíaca. Os pensamentos estão sempre em torno de preocupações com possíveis problemas e tem dificuldade para se concentrar ou tomar decisões.

O tratamento para ansiedade depende muito do grau de ansiedade que a pessoa experimenta. Em casos de ansiedade leve e moderada, quando a pessoa consegue exercer suas funções sociais adequadamente, a psicoterapia tem o papel de proporcionar vivências de relaxamento e descontração, física - como exercícios de respiração e relaxamento muscular; e mental - como o fato de o cliente sentir que o ambiente é saudável e não há cobranças.

Em casos mais graves, onde a pessoa experimenta níveis de ansiedade tão exacerbados que, se torna desgastante desempenhar suas tarefas cotidianas, é necessário que somado a psicoterapia, seja feito acompanhamento psiquiátrico. Nesses casos, a pessoa tomará o medicamento enquanto detecta a raiz da ansiedade.

É conveniente que pessoas ansiosas e agitadas pratiquem exercícios físicos para eliminar parte da energia que fica contida no corpo. 

Você vem apresentando ansiedade fora do normal?

Quer ter mais informações sobre ansiedade? Acesse o blog

 

Fernanda Visciani

CRP 06/117697

Localização
Rua Senador Milton Campos, 126
Santo Amaro

São Paulo - SP

 

Contato

Cel: 11 98193-8024 (WhatsApp)

E-mail: fernandavisciani.psico@gmail.com

Mapa