Aprenda a ter gratidão pelo que você tem

É natural do ser humano a sensação de vazio e insatisfação com a vida, mas será que devemos alimentar esse sentimento o tempo todo?



O vazio existencial ou insatisfação com a vida fazem parte da experiência de vida humana. Quando nos sentimos incompletos, insatisfeitos e vazios criamos formas de preencher: alguns de forma negativa, na busca de satisfação imediata que as compulsões e vícios dão ou na busca incessante por relacionamentos que acabam sendo tóxicos ou até em atividades que não proporcionam mudança e evolução; outros de forma muito positiva, buscando evoluir como ser humano, aprender coisas novas, mudando de trabalho ou de estilo de vida, abrindo espaço para a espiritualidade, entre outras tantas coisas.


No entanto, é necessário prestar atenção se essa insatisfação com a vida se dá pelo não reconhecimento daquilo que está no caminho de ser conquistado ou até no objetivo que já foi alcançado ou, ainda, na exigência de querer ter tudo o que se gostaria ao mesmo tempo.


Quando estamos no processo de construção é natural ter que abrir mão de algumas coisas para conseguir outras, não conseguimos ter e fazer tudo ao mesmo tempo. Quando conquistamos algo é natural querer o algo mais, estabelecer um novo objetivo. Quando gostamos de alguma coisa não queremos abrir mão, mesmo que momentaneamente, para experimentar algo novo.


Acaba que, o que era para ser positivo na nossa experiência de crescimento se torna pesado e negativo, não pelo fato de não podermos conquistar o que desejamos e nem pelo fato de ter que escolher entre coisas que gostaríamos; mas sim, pelo fato de não conseguirmos ser gratos pelo que temos.


Perceba se você foca a sua atenção naquilo que teve que abrir mão ao invés de prestar atenção e dar valor para o que está acontecendo na sua vida. Pode ser que você esteja no processo, caminho ou na direção certa para ter algo que você tanto desejava, mas não está percebendo.


Por isso, é muito importante fazer o exercício de alimentar mais a gratidão do que a insatisfação. A primeira te leva a perceber o que você já conquistou e está a caminho de ter; a segunda te leva ao sentimento de frustração constante, justamente porque você só olha para a falta, para o que gostaria de ter e para o que inda não conquistou.


Insatisfação te levará ao desanimo e desmotivação.

Gratidão te levará a conexão com o fluir da vida e motivação para continuar.


Autora: Fernanda Visciani


21 visualizações