Sobre a psicoterapia...
 

A psicologia oferece diversas técnicas para trabalhar com pessoas, todas destinadas a ajudar indivíduos emocionalmente instáveis a modificarem seus comportamentos, seus pensamentos e suas emoções, para que possam desenvolver melhores maneiras de lidar com o estresse das atividades cotidianas, com os próprios sentimentos e com as pessoas que estão a sua volta. O cliente é estimulado a discutir preocupações, emoções e experiências livremente sem medo de ser julgado pelo terapeuta ou de ter suas confidências traídas.

O que é Psicoterapia?

Os atendimentos psicoterapêuticos procuram auxiliar a pessoa a entrar em contato com seus verdadeiros desejos e fazer escolhas ponderadas relativas à sua vida e seus comportamentos em vez de ser controlada por eventos externos. O profissional da psicologia facilita o progresso do cliente em direção à compreensão de si.

O principal objetivo é auxiliar a pessoa a se tornar o que ele(a) é capaz de vir a ser.

A psicoterapia não atua somente nos casos onde a pessoa já está vivenciando um problema ou está em crise, atua também como ferramenta de prevenção. Pois como desenvolve o autoconhecimento a pessoa toma cada vez mais decisões que visam sua qualidade de vida.

Existe nos seres humanos uma tendência ao autoengano, isso faz com que haja maior dificuldade para ver os problemas de forma objetiva e com isso não ter consciência das várias soluções possíveis. Ser sincero e assumir que em determinados períodos da vida é necessário ajuda é importante para que o problema não tome grandes proporções e cause danos irreversíveis.

A disposição em procurar auxílio é sinal de maturidade emocional e não de fraqueza. Não espere para se sentir sobrecarregado. Procurar ajuda psicológica quando necessário é o mesmo que ir ao médico quando há algum problema de saúde.

Porque fazer Psicoterapia?

Podemos influenciar positivamente nosso próprio bem-estar psicológico de muitas maneiras. Monitorando nossos sentimentos e comportamentos, podemos determinar os tipos de ações e situações que nos causam sofrimento ou nos trazem dificuldades e, inversamente, os tipos que nos beneficiam mais.

Aceitar os sentimentos, raiva, tristeza, medo, alegria. Emoções desagradáveis são, uma reação normal a muitas situações, não há motivo para mascará-las. Pois, quando uma emoção não pode ser expressa verdadeiramente ela se intensifica dentro da pessoa e pode tomar dois caminhos, uma doença física e/ou uma explosão em um momento inadequado.

Conhecer as próprias vulnerabilidades, em determinadas situações ou pessoas é comum que não saibamos lidar com conflitos ou com a personalidade da pessoa. Reconhecer essa dificuldade é extremamente importante, pois só assim podemos buscar "ferramentas" novas para melhoras a situação ou se afastar se não houver o que fazer.

O autoconhecimento e autodesenvolvimento podem proporcionar melhora na relação pensamento, sentimento e ação. Apenas quando uma pessoa pensa, sente e age de forma congruente é que ela se tornará mais satisfeita com suas conquistas e suas relações.

 

Fernanda Visciani

CRP 06/117697

Localização
Rua Senador Milton Campos, 126
Santo Amaro

São Paulo - SP

 

Contato

Cel: 11 98193-8024 (WhatsApp)

E-mail: fernandavisciani.psico@gmail.com

Mapa